A vida de Pedrinho Matador será assunto de um documentário do diretor Bruno Santana, da agência Dublês & Atores.

Pedro Rodrigues Filho, vulgo Pedrinho Matador Santa Rita do Sapucaí17 de Julho de 1954, é um assassino em série brasileiro.

Pedrinho Matador perseguia e matava outros criminosos, descarregando seu instinto assassino naqueles que considera “maus”.

Matou pela primeira vez aos quatorze anos e hoje acumula mais de cem homicídios, incluindo o do próprio pai, sendo que 47 pessoas foram mortas dentro dos presídios pelos quais passou. Ainda não respondeu por todos os crimes, mas já foi condenado a mais de quatrocentos anos de prisão, a maior pena privativa de liberdade já aplicada no Brasil.

A vida de Pedrinho Matador será assunto de um documentário do diretor Bruno Santana, da agência Dublês & Atores. Bruno vem levando Pedrinho aos locais onde cometeu seus crimes e contará fatos ainda desconhecidos. A atriz e assistente de produção, Andréia dos Santos, descreve que Pedrinho “é uma criança querendo voltar a viver.”

Segundo Santana, nem sempre Pedrinho foi “matador”. “Ele era o Pedrinho da Cartucheira, que era a arma que ele usava”, diz. Os mais de cem assassinatos cometidos por Pedrinho não são suficientes para deixar Santana ressabiado durante as gravações. “Ele vem dormir aqui na produtora e fico tranquilo. Deixo as espadas ao lado dele”, brinca.

WhatsApp ATENDIMENTO VIA WHATSAPP